Osteoporose

AdobeStock_71138978-Sebastian-Kaulitzki-

A osteoporose é uma doença generalizada do esqueleto que se caracteriza por uma diminuição da densidade mineral óssea (DMO) e alterações da qualidade do tecido ósseo, conduzindo a um aumento da fragilidade óssea e consequentemente, a um risco elevado de fractura.

As fracturas vertebrais, da anca e do punho estão entre as fracturas osteoporóticas mais comuns, no entanto a osteoporose está associada a um aumento do risco de qualquer tipo de fractura óssea.

A diminuição da massa óssea está intimamente ligada com o aumento da idade e, nas mulheres, com um conjunto de alterações hormonais relacionadas com a menopausa. No entanto, existem outros factores de risco para a osteoporose, como por exemplo o tabagismo; o consumo excessivo de álcool; o baixo índice de massa corporal; medicação crónica com corticóides.

A osteoporose é uma doença silenciosa, não causando quaisquer sintomas até à ocorrência de fractura óssea.

O diagnóstico de osteoporose é feito através da avaliação da DMO medida por densitometria óssea.

A prevenção da osteoporose começa desde a infância com hábitos de vida saudáveis para adquirir um pico de massa óssea adequada, pois é na infância que a massa óssea se forma paralelamente ao crescimento do esqueleto. Na idade adulta, têm de ser tomadas uma série de medidas destinadas a desacelerar a diminuição da massa óssea, sendo particularmente importante nas mulheres após a menopausa.

A prática regular de exercício físico, principalmente actividades com carga (como caminhadas, corrida ou aeróbica) ou exercício com resistência (com pesos por exemplo) estão associadas a um aumento da densidade mineral óssea e à diminuição do risco de fracturas. 

É fundamental a adopção de uma dieta equilibrada com ingestão adequada de cálcio e de proteínas. O cálcio, elemento essencial para o normal metabolismo do osso, está presente em maior quantidade no leite e derivados, mas também pode ser encontrado noutros alimentos, como os legumes verdes (brócolos e espinafres por exemplo).

Deve ser estimulada a exposição solar frequente (exposição de face, braços e mãos 15-20 minutos diários, sem protecção solar), de modo a estimular a produção de vitamina D, essencial para a absorção de cálcio nos intestinos e uma correcta mineralização do osso. 

Sendo factores de risco para o desenvolvimento de osteoporose, é também fundamental a cessação tabágica e o consumo de álcool com moderação.

O objectivo do tratamento da osteoporose é evitar o aparecimento de fracturas de fragilidade e consiste na adopção das medidas atrás descritas para a prevenção da osteoporose, às quais se associam terapêuticas farmacológicas.

Objectivos de um programa de reabilitação: 

  • Melhoria da mobilidade e movimento articular 

  • Alívio da dor por ractura

  • Estabilização da estática e dinâmica da coluna vertebral 

  • Recondicionamento físico geral

  • Melhoria da marcha , equilíbrio e coordenação 

  • Ensino e aconselhamento de produtos de apoio (ortóteses, talas, etc)

  • Retorno às actividades laborais, vida quotidiana e actividades desportivas 

Peça na consulta médica os nossos Flyers 

1_edited.jpg
2_edited.jpg